061-3033.6605

© 2015 Instituto de Olhos Bruno Borges - Todos os Direitos Reservados

Cirurgia Refrativa 

​A cirurgia Refrativa a laser é realizada de forma personalizada e com os mais modernos equipamentos de precisão. Pode ser utilizada para corrigir miopia, hipermetropia e astigmatismo.

Quais são as indicações da cirurgia?

Indicada para pessoas com mais de 20 anos que desejam não ter dependência dos óculos, que não tenham doenças oculares ou apresentem contraindicações nos exames pré-operatórios.

 

A cirurgia refrativa a laser causa dor?

Durante a cirurgia não há dor, pois os olhos são anestesiados com colírios. No pós-operatório, dependendo da técnica envolvida, poderá haver desconforto por poucos dias.

Quais são os exames necessários para realizar a cirurgia?

Antes de se submeter à cirurgia o paciente deve realizar uma consulta oftalmológica completa. 

Deve-se avaliar:

  • Erro refrativo (avaliação do grau);

  • Tomografia de córnea (Pentacam) para avaliação mais detalhada da córnea;

  • Outro exames: avaliação do cristalino, estudo da retina, pressão intra-ocular, entre outros.

Técnicas de tratamento - PRK e LASIK

Duas técnicas de tratamento com o Excimer Laser são utilizadas: PRK e LASIK. A opção por uma das técnicas é feita pelo cirurgião, após análise individual de cada paciente.  As duas formas de aplicação do laser são eficientes, dentro das suas respectivas indicações.

O procedimento é realizado em caráter ambulatorial, não havendo necessidade de internação. O paciente permanece acordado durante todo o tempo. O olho é anestesiado com colírio. Não se faz uso de injeções.

Na técnica PRK, o epitélio, que é a camada mais superficial da córnea, é removido para que o laser seja aplicado. Após a aplicação do laser, uma lente de contato é colocada sobre a córnea para proteger a área tratada e dar mais conforto ao paciente. Não há necessidade de cobrir o olho com curativo.

No LASIK, o laser de femtosegundo é usado para criar um flap (fino corte superficial) na córnea. Posteriormente, levanta-se o flap e aplica-se o excimer laser, que elimina pequenas quantidades de tecido para remodelar a forma da córnea, corrigindo a visão. Em seguida, o flap criado na córnea retorna para sua posição original, sem a necessidade de pontos.

Como é o pós-operatório imediato?

Pode haver algum desconforto após o procedimento. A utilização de colírios anti-inflamatórios, antibióticos e analgésicos geralmente assegura um pós-operatório confortável. Nas primeiras 24 horas é recomendável permanecer em casa, em  repouso visual. Assistir TV ou usar o computador não altera o resultado, mas pode causar desconforto. Outros cuidados devem ser seguidos como, não esfregar ou coçar os olhos, não deixar que água, produtos de banho ou maquiagem caiam no olho, evitar contato com água de piscina ou mar, evitar exposição prolongada ao sol.

Em quanto tempo se dá a melhora da visão?

A recuperação da visão geralmente é mais rápida com LASIK. Quando a técnica utilizada é o PRK, a melhora da visão é notada alguns dias após a cirurgia. Alguns meses podem ser necessários para a estabilização da visão

.

Quais são os riscos e complicações?

PRK e LASIK, como qualquer cirurgia, têm riscos que devem ser considerados. A maior parte das complicações é tratada, sem prejuízo da visão. A cirurgia pode, eventualmente, resultar em hipo ou hipercorreção, e uma nova cirurgia poderá melhorar o resultado obtido.

Alguns pacientes podem apresentar sensibilidade à luz, percepção de halos em torno das luzes e sensação de olho seco.

Estes sintomas geralmente desaparecem nos primeiros meses, mas podem persistir por um período mais longo. Complicações como diminuição da melhor acuidade visual corrigida e infecção são raras. Estudos estatísticos mostram que, utilizando-se os equipamentos de laser de última geração, mais de 90% das pessoas operadas são capazes de desenvolver todas suas atividades, sem necessidade do uso de óculos ou lentes de contato.

Cirurgia PRK

Cirurgia LASIK